Em

Cultura

Soprano argentina tem derrame no palco e morre em Mendoza


Por Sergio Vilar

A soprano argentina Florencia Fabris, 38, morreu ontem em Mendoza, na Argentina, onde estava internada em um hospital.

A cantora teve um AVC (Acidente Vascular Cerebral) no palco do teatro Juan Victória, na província de San Juan, na última sexta-feira.
Ela interpretava “Réquiem”, de Giuseppe Verdi.

Fabris começou a se sentir mal em cena e teve de terminar a apresentação sentada.

Médicos que estavam na plateia atenderam a cantora e a levaram para um hospital local para os primeiros atendimentos. Em seguida, foi levada à Mendoza, onde foi operada.

Depois da cirurgia, ela teve um novo AVC, que causou sua morte.

O enterro será amanhã, na cidade de Pilar, área metropolitana de Buenos Aires.

Florência Fabris deixa dois filhos, de sete e nove anos.

Atualizado em 2 de setembro às 20:05


Comentários